News
Avisos:
19/10/2016

NOVO PATCH DE ATUALIZAÇÕES 6.3


12/10/2016 - KAME

imagem






[Sistema]
[Cadastros]
[Atualização]

[Parcerias]






Pages: (2) 1 2  ( Go to first unread post )

 Time 11 - Ultra loli ninja squad, Um recomeço brilhante
malvadeza
 Posted: May 11 2018, 08:00 PM
Quote
Moderador

tall
eyes
30 years old
ANBU
670 posts Written By


Este time pertence à
AMENA ERINAH AKIMICHI ANZU
Shinoa
Kobayashi Kiyoka
Riu Mazaruk

/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

*Narração*
- fala
"pensamento"

eu uso isso é so pra explicar, não precisa seguir o mesmo que eu
só se fazer endender

povo gosta de colocar cor, image, gif, link de musica, só sinta-se feliz

/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
*O dia ia correndo em Konoha, uma carta chega a uma shinobi, talvez duas*

-Pedimos ajuda para fazer essa missão e me mandam buscar essas duas?

*Alguns grunidos são escutados ao fundo*

-Sim sim, melhor que nada.

"Eu queria ao menos Chunins, mas vou ter que me virar com o que eu tenho"

*Um vento com pétalas de cerejeira passa e ninguém está mais ali*

/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

//AMENA ERINAH AKIMICHI ANZU comece seu post recebendo esta visita onde estiver as 10:27 da manhã num dia de semana//

*Uma jovem de cabelo curto e liso de um tom de rosa bem claro, vestindo uma yukata no mesmo tom com desenhos de ramos de cereja, em seu rosto duas marcas triangulares vermelhas descendo dos olhos até a base do rosto. Ela chega calmamente e entrega uma carta sem dizer uma palavra*

QUOTE
Estou procurando Amena Erinah

Me desculpe não poder aparecer pessoalmente mas tenho que procurar assuntos bem urgentes agora

Me permitiram recrutá-la para o time 11 de Konoha, sei que não tem experiência em time mas tenho uma importante missão de resgate

Prepare-se para viajar por um tempo, pode entregar sua mochila para minha garota de recados e a siga que ela te trará até mim

--Inuzuka Midori


*Enquanto a carta é aberta e lida, a jovem estende a mão revelando unhas grandes como garras e um sorriso como se fossem não dentes e sim presas de animal, ela deve guiar a genin até os portões de Konoha onde lá a esperam uma jovem igual e a outra membro do time*
/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

//Shinoa, o mesmo, continua dessa introdução//

*Shinoa acabara de receber as ordens de seu sensei não fazia nem 10 segundos, quando uma kunai é enterrada no peito de seu alvo*

-Não temos muito tempo, eu acabei de conseguir permissão para levar você para uma importante missão de resgate, e não se preocupe, já foi avisado ao Fungo-Sensei.

*Uma jovem de cabelo curto e liso de um tom de rosa bem claro, vestindo uma yukata no mesmo tom com desenhos de ramos de cereja, em seu rosto duas marcas triangulares vermelhas descendo dos olhos até a base do rosto. Ela chega correndo e segura a mão de Shinoa*

-Desculpa o KS mas não tenho muito tempo, não faça perguntas, só sobe no teletransporte ninja e vamos pra entrada de Konoha, se tivermos sorte minha parceira deve estar lá com a outra membro do grupo

*Do ponto de vista da garota um monte de pétalas de cereja aparecem e ocupam até lugares que Shinoa nem sabia que tinha e logo elas estão nos portões de Konoha*

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

*Com o grupo reunido a jovem se vira mais uma vez para o grupo*

-Me desculpem a pressa, eu sou Inuzuka Midori, eu recebi uma missão de resgate desta garota.

*Ela mostra a foto de uma garota de aparentes 5 anos, de mãos dadas com um velho de aparência frágil mas olhar afiado... ou ao menos parecia, isso estava ao fundo da foto e o destaque verdadeiro eram muitos guarda-costas*

-Eu perguntei como ela foi raptada com tanta gente e se eu poderia receber reforço, e bem... me mandaram levar vocês, e aproveitar e dar experiência.

*A segunda "Midori" explode em uma leve cortina de fumaça e em seu lugar aparece um cachorro gigante, para quem entende: Malamute gigante do alasca, seu pelo branco parece estar sujo de alguma substância rosa, mas não sai ao contato*

-Essa é minha parceira, Momoiro, e eu posso assegurar, não sei quanto ao sucesso da missão, mas eu vou garantir que ao menos vocês retornem.

*Momoiro vai ao lado de Shinoa e joga uma mochila aos seus pés, claramente coisas retiradas do quarto da garota para a viajem*

-Qualquer pergunta, vou responder no caminho, Momoiro vai na frente procurando qualquer problema que possamos encontrar no caminho, tentem manter o passo.

*As duas saem correndo na frente, Momoiro em disparada, como se fosse um carro de corrida, Midori, ia mais calma, sem deixar os genins para traz*

--------------------
[align=center]Nos menores postes tem os piores venenos
coisas uteis


Iwa - - - - - - - - - - - - - - - Ichiro
(color=cyan)"Pensar"(/color) | (color=lightblue)"Pensar"(/color)
(color=red)-Falar(/color) | (color=orange)-Falar(/color)

Satoshi
(color=Goldenrod)"Pensar"(/color)
(color=SeaGreen)-Falar(/color)

Midori
(color=Chocolate)"Pensar"(/color)
(color=HotPink)-Falar(/color)

*Agir*

Ficha
user posted image-Iwa
user posted image-Satoshi
user posted image-Midori
PM
^
Gatorro
 Posted: May 11 2018, 10:33 PM
Quote
Gennin

tall
eyes
28 years old
Estudante
22 posts Written By


Shinoamonte de pétalas de cereja aparecem e ocupam até lugares que Shinoa nem sabia que tinha e logo elas estão nos portões de Konoha
-OK ok, eu entendi... Vamos ver de qual é
"Meu senhõr que paiaçada foi essa"
-Nem faço ideia, mas nem reclamo. Um time novo ao que parece
"Ocê é muito chata meu pai"
*Shinoa olha em volta e estava na entrada de Konoha e observa sua nova companheira de time e a pessoa que provavelmente seria sua nova sensei e sua malamute do alasca gigante. Olhando pra outra garota ali*
-Prazer eu sou a Shinoa, Kurona Shinoa e você?
*Shinoa sorria de forma apatica e apontava pra foice*
user posted image
-A sim esse é o Hazama, tome cuidado pra ele não te cortar, ele não sabe distinguir amigo de inimigo
Shinoa estava realmente se forçando a ser "simpatica" mas realmente queria ficar de boa com esse time
-Mas sensei qual será a missão mesmo?

--------------------
Shinoa ♥ Foice
Foice ♥ Ceifar
Shinoa ♥ Criar cadaveres


Link da Ficha ♥

user posted image
PMEmail
^
notfound
 Posted: May 12 2018, 12:37 AM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


Alguns feixes de sol irritantes já estavam passando pelas frestas da cortina, incomodando a Rin, que apesar de estar acordada a algum tempo, se recusava a levantar. Seu pai, Dekku, tinha saído em missão, sendo assim não havia ninguém pra cobra-la e sinceramente ela não via motivos pra deixar o conforto de sua cama, mesmo que estivesse se sentindo um tanto solitária e que já estivesse a alguns dias sem sequer tomar banho.

Rolava de um lado ao outro em sua cama quando bateram na porta. Não estava esperando ninguém então... Será que seu pai havia voltado mais cedo? … Talvez fosse uma boa hora pra cuidar das plantas como ele havia pedido. Com esses pensamentos em mente, Rin teve um pequeno choque de realidade e entrou em desespero ao perceber que seu pai podia ter chegado e ela não tinha arrumado nada ainda. A garota se levantou em um pulo e tentou disfarçar a bagunça rapidamente antes de abrir a porta Rin com um sorriso amarelo, sequer parou pra trocar de roupa ou arrumar o cabelo.

- Ah, bom dia moça. - Tinha um misto de surpresa e alívio em sua voz.
Não houve resposta, a donzela a sua frente apenas lhe estendeu uma carta. Rin ficou atônita por um momento antes de apontar para si mesma e sussurrar um “pra mim?” pegando a carta para ler silenciosamente.

- Ah, tudo bem, vou só pegar minhas coisas, tá? - Rin olhou para a mão que a moça esticou em sua direção, sem entender bem o propósito desta, então ela segurou com um pouco de receio a mão da moça, fazendo um aperto de mãos. - Pode entrar se quiser, só desculpa a bagunça, eu vou tentar ser rápida. - Curvando-se, Rin se distanciou, indo para o seu quarto. Tentou tomar um banho super rápido e juntar suas coisas, não sabia bem o que levar mas juntou tudo o que devia ser essencial.

Nervosa, mas de certa forma feliz, Rin finalmente se dirigiu ao portão de konoha junto com sua guia, após deixar um bilhete em casa para seu pai, é claro. Não sabia bem o que esperar de tudo isso, mas queria poder evoluir como ninja.

Como estava muito ensolarado, a garota levava um guarda sol branco com estampas bem tradicionais de flores, estava vestindo uma camiseta branca relativamente larga e um short que mal aparecia por baixo da camisa, levava uma mochila amarelo pastel nas costas e vinha tomando suco por um canudo, em um copo com estampa de bichinhos.

No portão, o resto do time já estava a espera, e após ouvir a explicação da sensei, Rin se virou para cumprimentar a nova colega.
- Muito prazer, meu nome é Erinah Anzu mas podem me chamar de Rin, é um prazer trabalhar com voces Midori e Shinoa. - Disse, sorrindo antes de sair correndo logo atrás da Midori. - Espero poder me dar bem com o Hazama também então. - Ela riu e fez uma pequena pausa antes de completar a brincadeira. - Já aviso que meu sangue não tem gosto bom, não. - E então se dirigiu a Midori. - Mas essa menina sequestrada é de família nobre? O que estão pedindo pelo resgate?

--------------------
user posted image

ficha

PM
^
malvadeza
 Posted: May 12 2018, 01:35 AM
Quote
Moderador

tall
eyes
30 years old
ANBU
670 posts Written By


user posted image

*Midori dova um sorriso simpático enquanto as duas agiam como amigas e se apresentavam*

-Eu e Momoiro também esperamos nos dar muito bem com o time inteiro, mesmo que alguns de nós não tenham sido formalmente... vamos prosseguir sem spoiler certo?

*Midori coloca a mão dendo da yukata e tira um pergaminho que começa a ler*

-Eu não me prendo a detalhes, mas já que vocês querem, ham... deixa eu ver... ?o nome dela é Akemi, Hashimoto Akemi, a família dela é famosa por constuir pontes, realmente grandes, pelo visto da uma grana preta quando não se faz caridade com isso, porque o resgate é bom.

*Midori faz uma cara de irritada, depois se vira e começa a correr de costas protegendo o pergaminho do vento*

-Estava difícil de ler, bem, depois da grana eles querem que alguns contratos sejam anulados também, e adivinhem, Konoha não quer que alguns deles sejam anulados além da família estar contratando nossos serviços.

*Midori sorri gentilmente para as duas, apesar de parecer bem distraída, Midori não sai do caminho, nem perde velocidade*

-Chegando na cidade, vou fazer algumas procuras, vocês vão estar bem livres, acho que vou passar algo pra vocês também, não vai ser fácil achar a garota se eles forem inteligentes, não quero fazer o papel de pegar o dinheiro e ir fazer a troca... Mas eu posso usar vocês, oque vocês sabem fazer até agora? Eu sou uma lider de matilha, posso liderar um exército bem treinado com apenas alguns comandos, por isso preciso saber o que eu tenho em mãos. Se não quiserem falar muito tudo bem, eu sempre vou saber o que eu ensino pra vocês.

*Midori sorri sempre para elas durante o questionamento*

-A sim, e eu quero saber também como vocês se sentem quando o assunto é retirar a vida de alguém, e também quanto a Hokage, e podem ficar tranquilas, o que for dito aqui fica aqui.

*Falando isso da uma leve mordidinha na língua só pra fazer charme*

--------------------
[align=center]Nos menores postes tem os piores venenos
coisas uteis


Iwa - - - - - - - - - - - - - - - Ichiro
(color=cyan)"Pensar"(/color) | (color=lightblue)"Pensar"(/color)
(color=red)-Falar(/color) | (color=orange)-Falar(/color)

Satoshi
(color=Goldenrod)"Pensar"(/color)
(color=SeaGreen)-Falar(/color)

Midori
(color=Chocolate)"Pensar"(/color)
(color=HotPink)-Falar(/color)

*Agir*

Ficha
user posted image-Iwa
user posted image-Satoshi
user posted image-Midori
PM
^
Gatorro
 Posted: May 12 2018, 02:06 PM
Quote
Gennin

tall
eyes
28 years old
Estudante
22 posts Written By


QUOTE
Mas eu posso usar vocês, oque vocês sabem fazer até agora? Eu sou uma lider de matilha, posso liderar um exército bem treinado com apenas alguns comandos, por isso preciso saber o que eu tenho em mãos. Se não quiserem falar muito tudo bem, eu sempre vou saber o que eu ensino pra vocês


- Eu posso usar a corrente do Hazama para localizar pessoas, locais e coisas. Não consigo liderar um exercito ou coisa do tipo, mas sei como liderar o hazama no pescoço das pessoas.
QUOTE
-A sim, e eu quero saber também como vocês se sentem quando o assunto é retirar a vida de alguém, e também quanto a Hokage, e podem ficar tranquilas, o que for dito aqui fica aqui.


(Essa muié é das minhas, estranha, bizarra e que vai me matar depois de dormirmos juntos)

*Shinoa sussurra bem baixo*

-Calado Hazama, não preciso saber dos seus sonhos pervertidos

*Shinoa deita um pouco a cabeça no proprio ombro*

-Eu não sinto absolutamente nada, matar é algo natural no nosso ramo. Eu não sou pacifista nem coisa do genero. Se não fosse moralmente errado com toda certeza eu ceifaria a vida de todos os seres vivos num raio de 50m daqui e não sentiria absolutamente nada. Sabe sensei, eu posso fazer parte da familia Kurona mas eu quero ser um anjo da morte entre os ninjas, pois é tão incrivel tirar vidas inuteis do campo de batalha. Pois a morte não é um verdadeiro fim pelo Samsâra a morte é um novo começo

user posted image

*Shinoa sorria alegremente de verdade, esse era um assunto que Shinoa adorava e poderia debate-lo por dias o sangue chega fervia e alguma cor aparecia em seu rosto*

--------------------
Shinoa ♥ Foice
Foice ♥ Ceifar
Shinoa ♥ Criar cadaveres


Link da Ficha ♥

user posted image
PMEmail
^
notfound
 Posted: May 12 2018, 09:27 PM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


O dia claro e calmo, a brisa passando enquanto as garotas corriam, deveria ser o clima perfeito para uma viagem mas Rin estava claramente incomodada, obviamente teve que guardar o seu guarda chuva a contra gosto, mas colocara um boné que trouxe no lugar, teria que bastar por enquanto. Tentava se contentar enquanto bebia seu suquinho, talvez viajar não fosse o seu forte.

Mas independente disso, o que será que a Midori quis dizer com “sem spoilers”? Quer dizer, se ela não quer falar não tem problema, ninguém é obrigado a nada mas Rin não pode deixar de ter uma certa curiosidade contida. Toda aquela situação na verdade havia sido muito repentina, e isso deixava um clima meio misterioso, será que todas as missões eram assim? Além de que… Akemi Hashimoto… Hm, deveria achar suspeito o jeito como a Midori fala sobre os detalhes da missão sem contestar mas quis esconder algo sobre si mesma ou saber sobre a missão era simplesmente um direito de Rin? Parecia estranho uma família que constrói pontes ter poder o suficiente pra fazer Konoha quebrar contratos. De qualquer forma não tinha porque ficar se questionando mil coisas se o seu papel na missão não iria mudar, e Rin obviamente não queria falhar logo em sua primeira missão, na verdade sentia-se honrada por poder ir em missão com uma ninja que parecia ser tão habilidosa, a ponto de conseguir correr de costas enquanto lia sem o menor esforço, definitivamente isso é o que Rin queria se tornar um dia.

- Se possivel eu gostaria de ajudar em algo em vez de ficar livre quando chegarmos! Sinceramente acho que não possuo nenhuma grande habilidade especial… Não sei, ser pequena e conseguir me esgueirar por qualquer buraco? - Rin riu, constrangida. - Eu nunca tirei a vida de ninguém mas também nunca me questionei sobre isso, talvez eu possa hesitar dependendo da situação mas acredito que no mundo ninja é matar ou morrer e deixar um inimigo vivo é um risco muito grande a se tomar. Infelizmente ou felizmente, todos temos um instinto de autopreservação então… Bom, não quero dar um ultimato mas creio que farei o que for necessário. - Dito isso, a garota fez uma breve pausa antes de começar o novo assunto. - Quanto ao hokage eu acredito que grandes líderes são necessários e não tem porque mexer em um sistema que funciona. Não sou uma admiradora pessoal do cargo e não o vejo como detentor completo da razão e do poder, mas manterei minha lealdade sempre sobre meus próprios princípios… Eu acho. - Percebendo que havia falado de mais, a garota corou e virou o rosto um pouco, desviando o olhar e encarando as árvores e a natureza ao redor.

Parando pra pensar, Shinoa parecia ser bem mais capacitada... Mesmo que isso fosse um pouco assustador, Rin não iria julgar nem nada, Shinoa até que fazia sentido, mesmo que de um jeito deturpado, na verdade e a menina não entendia bem pra que ela foi mandada em uma missão de rastreamento… Não fazia a menor ideia de como poderia encontrar alguém assim, sem nenhum paradeiro. Mesmo que não fosse uma missão de rastreamento, Rin também não se sente completamente capacitada para uma batalha, pelo visto a escola ninja não foi muito eficiente em seus treinamentos porque naquele momento Rin se sentia completamente despreparada.

- Sei que não temos tempo mas estou disposta a aprender o que for necessário! Como iremos fazer para localizar a refém? Há alguma pista?

--------------------
user posted image

ficha

PM
^
malvadeza
 Posted: May 13 2018, 12:17 AM
Quote
Moderador

tall
eyes
30 years old
ANBU
670 posts Written By


A todos, esqueci de falar:

Parece que o fórum começou em algum momento e tomou rumo "diferente" do anime, mas cronologicamente está em algum logar onde hokage é a Tsunade XD

notei isso pelos artigos usados pra falar de tal pessoa

////////////////////////////////////////////////////////
Kobayashi Kiyoka

*O sol estava quase no meio do percurso, uma jovem de cabelo curto e liso de um tom de rosa bem claro, vestindo uma yukata no mesmo tom com desenhos de ramos de cereja, em seu rosto duas marcas triangulares vermelhas descendo dos olhos até a base do rosto, chega em uma residência checando um pergaminho múltiplas vezes antes de pedir permissão de entrar, fala com uma senhora quase sem fazer barulho, nem mesmo de cochichar, as duas conversando sempre é interrompido por algum outro som, como um violino*

*Depois da conversa ela procura a jovem genin que ali habita, com a voz doce e bem gentil se dirige a ninja*

-Meu nome é Inuzuka Midori, sou a Sensei do time 11 e eu gostaria de perguntar se quer participar de uma missão, eu não tenho muitas informações mas sei que alem de ser uma ninja você tem alguma situação de sigilo considerável, por isso estou fazendo a requisição tão formal.

*Midori mostra o pedido de formação do time, tudo normal com muita pouca informação sobre os membros mas uma pequena nota no nome dela dizendo para manter sigilo*

-Eu mesma não tenho a informação que tenho que esconder, o que é mais fácil pra mim, mas tenho uma missão e gostaria que viesse conosco, por favor arrume-se para viajar e vamos, eu me demorei para te achar o grupo já está indo na frente, mas eu acredito que posso alcançar eles sem problemas ainda apesar de ser um Kagebushin.

*Midori sorri calmamente esperando a reação da garota, iria carregá-la correndo com tudo para alcançar o resto do grupo e não ter que trabalhar atras*

-Dentro do possível, me fale de você, o que você pode fazer é um exemplo do que você pode me falar, e como você trata a ação de...

*Midori olha para ver se a dona da casa estava a distância de ouvir e fala baixinho*

-Retirar a vida de outro e sua posição perante Hokage.

////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
A dupla de lolis

QUOTE
-Eu não sinto absolutamente nada, matar é algo natural no nosso ramo. Eu não sou pacifista nem coisa do genero. Se não fosse moralmente errado com toda certeza eu ceifaria a vida de todos os seres vivos num raio de 50m daqui e não sentiria absolutamente nada. Sabe sensei, eu posso fazer parte da familia Kurona mas eu quero ser um anjo da morte entre os ninjas, pois é tão incrivel tirar vidas inuteis do campo de batalha. Pois a morte não é um verdadeiro fim pelo Samsâra a morte é um novo começo


-Nessa idade já é assim? Ao menos você não passa pelo trauma em alguma dessas horas não é mesmo.

- Eu nunca tirei a vida de ninguém mas também nunca me questionei sobre isso, talvez eu possa hesitar dependendo da situação mas acredito que no mundo ninja é matar ou morrer e deixar um inimigo vivo é um risco muito grande a se tomar. Infelizmente ou felizmente, todos temos um instinto de autopreservação então… Bom, não quero dar um ultimato mas creio que farei o que for necessário.

-Hesitar não é o problema, e sim as consequências, não deixe a hesitação te paralisar, salte, corra, esquive mas não fique parada, alvos parados são mais fáceis de acertar não é mesmo?.

*Midori lança uma kunai nas árvores perto de onde as garotas passam e com um fio de chakra puxa ela de volta com uma pera*

-Não vou julgar o método nem a eficiência, mas por favor, fiquem seguras certo?.

- Sei que não temos tempo mas estou disposta a aprender o que for necessário! Como iremos fazer para localizar a refém? Há alguma pista?

-Mesmo que tivesse não estaria a mesma quando chegarmos, ou eles seriam muito incompetentes e Konoha não seria necessária não é mesmo? Mas eu acho que estou começando a entender o porque desse time.

*A corrida não é desgastante por ser rápida, mas sim por ser longa, o grupo para com a fome do almoço e prepara acampamento*

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Se tudo der certo, o encontro do time 11

*Com o calor de uma fogueira, quatro barracas são armadas, embora sejam apenas 3 ali, Midori-Sensei se senta perto da fogueira e retira 5 pergaminhos, de dentro deles começa a retirar um obento de cada, passa um para Momoiro, e um para cada uma das meninas, quando o último fica sem dono, uma outra Midori surge de um turbilhão de pétalas de rosa*

-Já estava achando que você não vinha.

-Você fala isso da boca pra fora.

*O bushin pufa, e Midori entrega o obento a mais nova integrante do grupo*

-Eu quem fiz, pelo horário de saída quase, então é novo.

*Ela olha para as meninas e da um sorriso de satisfação*

-Agora oficialmente o time 11 está aqui, espero nos darmos bem. Vamos ficar aqui por hoje, mesmo que seja cedo e dê para andar mais, mas quero treinar um pouco com vocês antes, parte do treino é não dar o obento de vocês para Momoiro.

*Midori aponta para a gigantesca malamute gigante do alasca que já estava fazendo 'puppy eyes' para a comida do time*

-Mas por enquanto, conversem, interajam, se apresentem, vamos ficar juntas por muito tempo então construir sinergia seria muito bom.

--------------------
[align=center]Nos menores postes tem os piores venenos
coisas uteis


Iwa - - - - - - - - - - - - - - - Ichiro
(color=cyan)"Pensar"(/color) | (color=lightblue)"Pensar"(/color)
(color=red)-Falar(/color) | (color=orange)-Falar(/color)

Satoshi
(color=Goldenrod)"Pensar"(/color)
(color=SeaGreen)-Falar(/color)

Midori
(color=Chocolate)"Pensar"(/color)
(color=HotPink)-Falar(/color)

*Agir*

Ficha
user posted image-Iwa
user posted image-Satoshi
user posted image-Midori
PM
^
notfound
 Posted: May 13 2018, 01:55 AM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


Hesitar não é o problema. Rin parecia pensativa enquanto assimilava a informação. Estava fazendo o melhor pra se conter mas na verdade se sentia muito nervosa, e tinha medo de que isso a atrapalhasse. Essa estranha sensação de incapacitação e estar despreparada parecia estar consumindo-a lentamente. A inexperiência e os pensamentos de estar exposta a qualquer perigo eram realmente assustadoras, sair do conforto de sua casa não é algo que parecia tão doloroso algumas horas atrás. Pelo menos a Midori passava uma certa confiança e segurança, e parecia prezar bastante pelo bem estar das meninas. Por outro lado Shinoa não aparentava muito bem o tipo de pessoa que trabalharia em grupo e seria confiável pra deixar na retaguarda, pelo menos Rin a via como alguém que poderia facilmente falar “inimigo morto não dá dano” e só ir batalhar mais irracionalmente.

- Começando a entender o por que desse time? O que quer dizer com isso Midori-Sensei? - Rin tomou um susto quando a Midori jogou uma kunai, observando em volta e procurando por algum inimigo ou algo que possa ser uma ameaça, com medo de estarem sob ataque, e se sentiu uma idiota desesperada quando viu que ela estava apenas pegando uma pera, rindo um pouco de si mesma.

A corrida foi continuando enquanto Rin divagava e tentava conversar de vez em quando com as meninas sem ser muito insistente porque lhe causava a sensação de estar incomodando. Era meio tedioso não ter nada pra encher a cabeça, e parecia estar deixando a menina com sono, esfregando os olhos e tomando goles de suco periodicamente com uma expressão entediada. Já não bastava o sol brilhando irritantemente sobre sua cabeça, ainda mais que o tédio já era um inimigo antigo da garota. Não preciso dizer que foi um gigantesco alívio quando pararam para descansar, não que isso aumentasse o leque de opções que tinha pra fazer, mas mudar um pouco a “rotina” já parecia muita coisa.

Rin sentou-se perto da fogueira e recebeu o seu obento com um sorriso, murmurando um “obrigada” enquanto esperava todo mundo se situar antes de começar a comer, mas, era só impressão ou tinha uma refeição sobrando? Será que a sensei não sabia quantos integrantes iam participar da missão? Rin estava prestes a perguntar quando uma terceira menina apareceu, simplesmente brotando do além do meio de um turbilhão de pétalas. Pega de surpresa pela aparição, a garota pareceu tomar um pequeno susto, dando um pequeno salto ainda sentada, quase derrubando o seu prato.

- Ah! Outra integrante? Prazer eu me chamo Erinah Anzu, mas pode me chamar de Rin! Bem-vinda! - Levantando-se, Rin curvou-se, cumprimentando a nova companheira. - Espero que possamos nos dar bem. - Sorrindo, ela voltou a sentar-se e esperar por todas pra começar a comer. Nesse ponto, Momoiro já estava olhando pras garotas com seus olhos de bichinho abandonado, o que era absolutamente impossível de se resistir. Rin deu tapinhas em suas próprias bochechas com suas mãos, como se dissesse a si mesma “você consegue menina!”, tinha que obedecer a sensei! Não iria desrespeitá-la assim tão cedo e tão facilmente.

- Bom, então, eu - Rin pareceu hesitar por um momento. - Pode não parecer mas sou parte do clã akimichi, odeio sol e estou sempre morta de sono, adoro rosa e particularmente estou quase me sentando lá em cima da árvore pra não cair na tentação da Momoro. - Disse, rindo e desviando o olhar, meio sem jeito.

--------------------
user posted image

ficha

PM
^
sekki
 Posted: May 13 2018, 01:38 PM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


Kiyoka estava terminando de começando a arrumar o jantar, um avental azul claro cobrindo boa parte da sua roupa para que assim não fosse sujá-la. A menina se debruçava sobre o balcão da cozinha, movendo a cabeça de um lado para o outro na batida de uma música que está somente na sua cabeça, a cantarolando de maneira baixa enquanto folheava um livro de receitas para que escolhesse o que iria fazer para ela e a sua avó comerem. Porém antes que ela pudesse tomar a decisão final, foi interrompida por uma voz gentil de uma moça e como estava distraída, assustou-se um pouco com a presença, que para si, era repentina da pessoa desconhecida.

"A-ah!" Passada essa surpresa, automaticamente a menina mais nova faz uma reverência com as mãos juntas na altura do seu colo. "Olá, em que posso ajudá-la?" É um reflexo por ajudar a senhora com a sua floricultura, chutando-se mentalmente porque aquela pessoa, mesmo com a sua aparência um tanto gentil e amigável, poderia não ter tão boas intenções assim. Entretanto, essa preocupação desaparece um pouco com a apresentação que lhe é feita ( mesmo que Kiyoka não possa completamente relaxar ).

A menina ouve atentamente à moça, apertando o tecido do avental quando ela revela que sabe da sua situação de sigilo e seu coração dispara, seus ombros ficam rígidos e é visível pela sua linguagem corporal que Kiyoka fica mais tensa, mais defensiva mesmo que ela tente ainda manter uma expressão neutra e ela só volta a relaxar quando lhe é mostrado o formulário. Kiyoka tem consciência que isso pode muito bem ser falso, que Midori pode a estar enganando e o que realmente ela tem que manter sigilo é que ela saiba que Kiyoka não é exatamente o seu nome e que ela não é uma ninja sem um clã, mas tem algo na moça que a faz acreditar em suas palavras, que a faz relaxar novamente mesmo que a ideia de que Midori sabe que ela está escondendo alguma coisa mesmo que não saiba o que exatamente, ainda é uma preocupação para si.

"Eu fui treinada para missões, ou bem— estou sendo treinada para isso, então, não vejo o porquê de não aceitar." Kiyoka faz outra reverência "É um prazer conhecê-la, Midori-sensei. Eu sou Kobayashi Kiyoka, e estou sob os seus cuidados."

Kiyoka tira o avental e o deixa dobrado sobre o balcão da cozinha, pronta para pedir licença para poder arrumar as suas coisas já que aparentemente já estavam de partida, não demorando tanto para arrumar a sua mochila com algumas mudas de roupas, suas armas e qualquer coisa que lhe fosse útil durante essa missão de maneira geral. Quando volta e é questionada, seu olhar fica distante por um momento ( memórias que ela gostaria de esquecer ) antes que ela desvie os seus olhos para o chão, respirando fundo antes de responder. "Não acho que vidas devem ser desperdiçadas então gostaria de evitar isso, porém se não há escolha então não há escolha, certo?" Kiyoka não se sente confortável com o assunto, afinal ela perdeu um ente querido e ela sabe o peso que isso tem para as pessoas que tinham laço com o falecido e, por isso, ela não consegue matar a sangue frio a não ser que realmente essa seja a única alternativa.

( Suas mãos já estão manchadas o suficiente )

A menina pisca para a ninja algumas vezes quando o Hokage é mencionado, quase como se não entendesse o porquê de estar sendo questionada sobre aquilo antes de voltar a olhar para o chão, mas dessa vez de uma maneira mais pensativa. "Tsunade-sama é bem..." Uma pausa antes de sorrir um tanto desconfortável e se isso fosse situado em um anime, teria uma gotinha em sua cabeça. "Peculiar." E logo a sua expressão fica mais séria. "Mas não acho que ela seja uma má pessoa ou um má Hokage. Espero que isso responda a sua pergunta."

Quanto as suas habilidades, Kiyoka pausa novamente, não sabendo se deveria revelar a natureza do seu chakra e algumas coisas que poderia fazer já que isso poderia entregar aquilo que tanto guardava segredo, por isso tenta dar uma resposta mais segura possível. "Não acho que tenho alguma área que eu me destaque muito, mas eu sou boa com selos de bakuhatsu e estou treinando bastante o meu utsusemi no jutsu."

|-|-|

Kiyoka não pode negar que se sente um pouco demais no meio das atenções por ser a última do grupo a chegar. Ela faz uma reverência novamente para todas as pessoas ali presentes ( mesmo que ela já tenha falado com a professora ), se apresentando mais uma vez antes de aceitar o obento com um baixo obrigada "Ah, obrigada! É um prazer conhecê-la e você também" Kiyoka se dirige a outra menina integrante do grupo "Me chamo Kobayashi Kiyoka e espero que nos demos bem." Ela se senta do lado da menina que a cumprimentou, se sentindo um pouco menos nervosa já que parecia simpática e foi por isso que se sentou ao lado dela. colocando a mochila ao lado dos seus pés antes de abrir o lanche que Midori havia preparado para elas e ignora com maestria Momoiro e os seus olhos pidões.

Ah, ela é fofinha, pensou enquanto observava o que Rin fazia e sentia uma leve vontade de protegê-la naquele momento, como alguém sente quando vê um filhote de cachorrinho e sorri com a leve brincadeira ( ou pelo menos parece uma brincadeira ) que Rin fazia sobre subir na árvore. Porém, esse pensamento acabou rápido e limpou a garganta para falar sobre si. "Bom, eu não tenho um clã" A mentira sai fácil de seus lábios. "Então não sei muito bem sobre o falar" Admitiu um tanto sem graça, rindo de maneira breve e leve. "Mas gosto muito de roxo e minha avó sempre fala que eu faço o melhor curry que ela já comeu, mas acho que ela é um pouco parcial demais."

--------------------
PM
^
Gatorro
 Posted: May 13 2018, 02:20 PM
Quote
Gennin

tall
eyes
28 years old
Estudante
22 posts Written By


QUOTE
-Nessa idade já é assim? Ao menos você não passa pelo trauma em alguma dessas horas não é mesmo.


-Que trauma isso poderia causar? Somentes os fracos tem problemas

QUOTE
-Agora oficialmente o time 11 está aqui, espero nos darmos bem. Vamos ficar aqui por hoje, mesmo que seja cedo e dê para andar mais, mas quero treinar um pouco com vocês antes, parte do treino é não dar o obento de vocês para Momoiro.


-Pra que infernos eu daria comida pro seu cachorro? Ela é fofa, mas não o bastante pra receber comida minha ou algo do tipo. Sabe saco vazio não para em pé? Esquece Momoiro meu rango pede pras outras garotas, eu realmente não vou te dar nada

Shinoa se mantinha distante das outras garotas. Queria ser amiga delas mas ao mesmo tempo não sabe como o fazer, apenas fica se sentindo mais e mais irritada com a voz em sua cabeça

(Vá ser amiga delas ou mate-as logo. tanto faz pra mim. oia só pra elas já agindo como se fossem melhores amigas, te deixando de lado mate-as nem vai fazer mal a ocê)

-Hazama hoje você acordou mais chato que o normal sabia, me deixa comer em paz

*Shinoa se afastava um pouco das outras garotas seu olhar mostrava medo, estava com medo de ceder a voz a sua cabeça e fazer um rio de sangue inocente, não desejava ceifar a vida de quem quer chamar de amiga mesmo sendo só da boca pra fora. Não tinha um unico desejo de mata-las. De longe delas shinoa as observa conversar e fica olhando pra garota nova até ouvir*

QUOTE
Mas gosto muito de roxo


"Meu cabelo é roxo, ela gostou do meu cabelo será?"
(Ela te odeia sô. Todo mundo te odeia pirralha burra, você é um fracasso de tão burra)

-Hazama calado, Hazama calado, Hazama calado

*Sua voz extremamente baixa. Seu olhar era frio, mesmo já tendo terminado seu obento continuava ali sentada quieta esperando as outras *

-Au au-sensei a senhora teria uma foto da garota que devemos procurar? Quero terminar essa missão o mais rapido possivel quero....
user posted image

--------------------
Shinoa ♥ Foice
Foice ♥ Ceifar
Shinoa ♥ Criar cadaveres


Link da Ficha ♥

user posted image
PMEmail
^
malvadeza
 Posted: May 13 2018, 06:53 PM
Quote
Moderador

tall
eyes
30 years old
ANBU
670 posts Written By


Enquanto isso em Konoha

"Eu fui treinada para missões, ou bem— estou sendo treinada para isso, então, não vejo o porquê de não aceitar." Kiyoka faz outra reverência "É um prazer conhecê-la, Midori-sensei. Eu sou Kobayashi Kiyoka, e estou sob os seus cuidados."

- Que ótimo, agora o time está completo, você pode contar comigo, vai dar tudo certo.

"Não acho que vidas devem ser desperdiçadas então gostaria de evitar isso, porém se não há escolha então não há escolha, certo?"

*Midori da uma pausa, cerra um pouco seu olhar como se esse fosse um assunto delicado*

- Não acredito ser digna de dizer quem deve ou merece viver ou morrer, mas pode ter certeza, se eu precisar dar a ordem, espero também seu julgamento se a pessoa deve ser presa ou morta, ou quem sabe você descubra algo que eu não saiba e ajude ela a fugir, sou sua sensei, não um carrasco, e mesmo que a missão seja de assassinato, se a pessoa sumir quem pode dizer se ela esta viva ou não?


//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Enquanto isso na são silvestre

- Começando a entender o por que desse time? O que quer dizer com isso Midori-Sensei?

- Para cada tarefa existe uma ferramenta não? Martelo para martelar um prego, sacarrolhas para retirar uma rolha da garrafa, esse time e essa missão

user posted image

QUOTE
-Pra que infernos eu daria comida pro seu cachorro? Ela é fofa, mas não o bastante pra receber comida minha ou algo do tipo. Sabe saco vazio não para em pé? Esquece Momoiro meu rango pede pras outras garotas, eu realmente não vou te dar nada


user posted image

"Mas gosto muito de roxo e minha avó sempre fala que eu faço o melhor curry que ela já comeu, mas acho que ela é um pouco parcial demais."

- Então está decidido, na volta teremos curry!! Brincadeirinha, não precisa se não quiser.

*O grupo ia conversando e interagindo, cada um com sua velocidade e personalidade, depois de um descanso, Midori se levanta*

- Hoje, eu vou fazer uma coisa igual com todo mundo, acredito que isso vai sempre ser útil, nos próximos treinos vocês podem até pedir pra eu fazer algo específico, pra começar...

*Midori aponta para 3 árvores ali, poucos galhos, tronco reto e subia bem alto*

- Um bom controle de chakra é útil tanto para não haver 'desperdício' quando se faz uma técnica.

*Ela dizia isso enquanto anda, e depois de alguns passos ela chega na árvore, e começa a andar na vertical*

- Mas te ensina alguns truques, como vamos invadir algum lugar e resgatar uma garotinha vamos treinar aderência, não quero ninguém caindo enquanto tenta escalar um muro, principalmente com a refém em mãos.

*Continuando a falar, Momoiro se levanta se segue a sua parceira usando a mesma técnica*

- Vocês podem colocar chakra em qualquer parte, para hoje, na sola dos calçados, isso nos dará aderência. Cuidado, assim como colocar chakra no braço nos da força, isso pode ter poder destrutivo, e pouco pode causar nada. Vamos tentar?

- Shinoa, seu sensei antigo disse que tentou fazer isso com você, vamos ver quão alto você chega?

*Midori desce com Momoiro e volta para o lado das garotas, aguardando o grupo*

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

nessa parte, vamos treinar, descrevam o que fazem, o que sentem, os números na ficha só são uma BASE do que vocês tem, o verdadeiro poder é em quanto vocês estão empolgados de descrever tudo, boa sorte XD

--------------------
[align=center]Nos menores postes tem os piores venenos
coisas uteis


Iwa - - - - - - - - - - - - - - - Ichiro
(color=cyan)"Pensar"(/color) | (color=lightblue)"Pensar"(/color)
(color=red)-Falar(/color) | (color=orange)-Falar(/color)

Satoshi
(color=Goldenrod)"Pensar"(/color)
(color=SeaGreen)-Falar(/color)

Midori
(color=Chocolate)"Pensar"(/color)
(color=HotPink)-Falar(/color)

*Agir*

Ficha
user posted image-Iwa
user posted image-Satoshi
user posted image-Midori
PM
^
Gatorro
 Posted: May 14 2018, 12:00 AM
Quote
Gennin

tall
eyes
28 years old
Estudante
22 posts Written By


QUOTE
- Shinoa, seu sensei antigo disse que tentou fazer isso com você, vamos ver quão alto você chega?

-Sim eu fiz isso ai com o Fungo-sensei. Subo até um tanto legal. Quer ver?
(Até essa professorinha te ignora, tu é muito burra. Hora de mata-la)
"Chega Hazama, para de achar que eu tenho de matar todo mundo. Eu não vou matar ninguem dessa vez"
*Shinoa concentra o tanto de chakra que usava quando estava subindo o predio estranho para o Fungo-sensei. Arremeçando o Hazama o topo do tronco da árvore, deixa escapar bem alto. Num tom que podia até ser colocado como alegria*
-Nosso até me sinto mais leve agora, não consigo te ouvir dai Hazama. Mas agora chega de papo, chakra preparado, alvo localizado, impulso e lá vá
user posted image

"Isso vai ser facil, aumenta e reduz o chakra, aumenta e reduz o chakra pé por pé igual o Fungo-sensei ensinou. Não é complicado, você já fez uma vez perfeitamente"

Shinoa subia em direção a Hazama com toda a velocidade e quanto mais perto chegava dele mais conseguia ouvir a voz da foice gritando
(Ocê me paga sua garota burra, eu vou causar a sua morte, você me paga por isso sua imunda, cadela)
"E lá vem ele reclamar no meu ouvido, nem ligo mais Ha"

--------------------
Shinoa ♥ Foice
Foice ♥ Ceifar
Shinoa ♥ Criar cadaveres


Link da Ficha ♥

user posted image
PMEmail
^
notfound
 Posted: May 15 2018, 12:15 AM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


Vendo que todas já estavam confortáveis, Rin se preparou pra finalmente começar a comer, puxando a aba do seu boné, invertendo-o e jogando o cabelo pra trás, tentando limpar seu campo de visão, ela sabia que era desastrada comendo então fazia isso pra não se atrapalhar ainda mais. Jutando as mãos em frente ao peito, Rin sussurrou um “obrigada pela comida” antes de finalmente começar a comer. Momoiro continuava com seus olhos pidões pra cima da garota, mas Rin fazia seu melhor para ignorar e continuar a comer. Não sabia como as outras meninas conseguiam ignorar tão facilmente, sem falar no jeito como Shinoa tinha sido tão fria com o animal. Não que isso a incomodasse, ninguém é obrigado a gostar de animais nem nada, mas também não era pra tanto.

- Eu sei o básico da culinária porque passo bastante tempo sozinha já que somos só eu e o meu pai em casa e ele costuma viajar bastante, mas particularmente não me considero muito boa para temperar coisas. Curry usa bastante tempo né? Você bem que podia me ensinar quando for fazer pra gente na volta! - Rin riu, entrando na brincadeira da Midori. - Midori-sensei também podia dar umas dicas, a sua comida está muito boa.

user posted image

Rin tentava interagir na medida do possível, queria se dar bem com as companheiras, apesar de não saber bem como, não se sentia alguém do tipo extrovertido, sendo uma menina que prefere ouvir do que falar, mas as outras também não eram muito conversativas então se sentia no dever de ser quem une o grupo, queria ser útil de todas as maneiras possíveis. Ainda não entendia bem o que a Midori-Sensei quis dizer com “Para cada tarefa existe uma ferramenta… Esse time pra essa missão”, o time não parecia ser muito entrosado e Rin não sentia muita harmonia ali. Esperava estar errada nisso.

Após a refeição, o treinamento iria começar, Rin estava particularmente animada, principalmente agora que estava em missão, esse exercício seria de grande influência, Midori-sensei não devia ter escolhido ensinar especificamente isso para as garotas atoa, Rin tinha certeza. Após uma breve explicação e uma demonstração, finalmente era a vez da menina tentar. Apesar de já ter ouvido falar da técnica, ela nunca tinha tentado nada parecido e estava um pouco nervosa porque cair provavelmente não seria nada aconchegante, mas não havia tempo pra medos ou hesitações.

“Colocar o chakra na sola dos sapatos pra dar aderência”. Rin fechou os olhos para se concentrar, tentando sentir o fluxo de chakra em seu corpo, inspirou e expirou profundamente controlando os seu batimentos, a garota visualizou mentalmente o seu chakra se acumulando nas solas dos pés enquanto caminhava até a árvore. Sabia que se colocasse chakra de menos não conseguiria manter a aderência, e que se colocasse chakra demais provavelmente destruiria o casco da árvore… Deveria manter uma quantidade fixa e equilibrada, deveria ser tão natural quanto andar...Será que tentar ficar presa a árvore verticalmente sem andar ajudaria a descobrir a quantidade certa de chakra pra usar? Ou manter-se em movimento ajudaria a não cair? Não saberia sem tentar.

Shinoa parecia ter bastante experiência, Rin não queria se diminuir mas se sentia um tanto pressionada, não queria que Midori a visse como um estorvo caso fosse a única a não conseguir subir. E por isso mesmo que não tinha tempo a perder, se queria conseguir logo tinha que treinar logo, assim, Rin saiu correndo em direção a sua respectiva árvore, começar era fácil, dar uns dois ou três passos, o maior problema era manter, continuar o fluxo e não desconcentrar, sentir o equilíbrio e manter a confiança, continuar a troca entre um pé e o outro, e sentir o chakra para controlá-lo devidamente, sabia que tudo isso deveria virar natural pra ela com o tempo, mas agora parecia simplesmente impossível. Esperava que Midori sensei desse mais dicas e comandos, mas sabia que não podia depender tanto dela, nem sempre a sensei estaria disponível para ajudar, Rin tinha que ter sua própria independência, apesar de não saber bem como poderia evoluir sozinha.

Cair não doía tanto, talvez por causa da adrenalina? Nesse momento gostaria de poder ser uma ninja médica para simplesmente curar os machucados e poder treinar indefinidamente. De tempo em tempos, Rin parava pra elogiar suas parceiras e tentar motivá-las também, sabia que apoio do grupo fazia diferença e que seria divertido evoluírem juntas.

--------------------
user posted image

ficha

PM
^
sekki
 Posted: May 15 2018, 10:44 AM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


Realmente o lanche estava muito gostoso e deixou um breve suspiro de deleite. Não que isso fosse realmente um problema, mas havia um tempo desde que alguém cozinhava para ela. A senhora com quem mora já está numa idade que é até mesmo perigoso de ficar na sozinha e manusear instrumentos como facas e lidar com fogo ( e por um momento Kiyoka se sente mal por ter saído de casa, por ter deixado uma das pessoas mais queridas para si sozinha daquela maneira, porém a sua parte racional sabia que a senhora não se importava e se sentia mais feliz por saber que a jovem ninja estava seguindo o seu sonho e nunca se perdoaria por ser um "empecilho" para Kiyoka. Isso era mais do que conforto suficiente ). Ela desviou o olhar da sua comida para a menina que se sentava tão longe delas, parecendo falar com alguém que não estava ali. Isso tomou o seu interesse por um tempo, não podendo deixar de se perguntar o porquê dela se manter tão afastada e Kiyoka até pensa em de alguma coisa alcançar a menina, mas no final das contas simplesmente acredita que ela está fazendo o que a deixa mais confortável e não gostaria de incomodar.

"Eu não me importo!" Respondeu talvez um tanto rápido e um tanto ávida, fazendo as suas bochechas alvas tomarem um leve tom rosado e o seu olhar se desviar ao chão. Limpou a garganta enquanto tentava fazer o mesmo com o embaraço em seu rosto. "O que eu queria dizer é que eu não me importo, posso fazer o curry quando voltarmos." E então olhou para a companheira ao lado. "Não é tão difícil quando você pega uma receita boa, posso ensiná-la se quiser." Assentiu com a cabeça quando Rin sugeriu que Midori-sensei também desse algumas dicas porque assim poderia testá-las quando voltasse para a casa com um pequeno presente para sua vó de agradecimento por ser tão paciente e um suporto importante para Kiyoka.

Kiyoka termina de comer, agradece pela comida em um tom baixo. Ela também é uma pessoa que prefere ficar mais quieta no seu canto, mas ela sabe o quão é importante coesão para o time e por isso que ela tenta sair um pouco da sua concha, tenta engolir o caroço na sua garganta e tenta ignorar o sentimento levemente incômodo de sair da sua zona de conforto.

( Até dá um leve suspiro quando Midori-sensei avisa sobre o exercício que tem fazer. )

Kiyoka fica em pé na frente de uma árvore e antes que pudesse até mesmo tentar, Shinoa já estava fazendo o seu exercício como se fosse algo natural. A jovem ninja não podia negar que aquilo a intimidara um pouco, o sentimento de que não podia ficar para trás, que—

Ela consegue ouvir o som de repreensão do seu pai para não se distrair, podia sentir a repreensão em sua pele o que fez o seu corpo ficar tenso por um momento e ela se encolhe como se alguém fosse ou estivesse batendo nela. Kiyoka expira de maneira trêmula por um momento antes de se virar para árvore e se concentrar. Ela fecha os olhos, tenta lembrar dos ensinamentos do seu pai para concentrar o seu chakra, nesse caso nas pontas dos pés, tenta se lembrar que imagem usava para colocar só o suficiente de chakra na sola dos seus pés.

|-|-|
"Chise, você já andou na água?"
"Não"
"Pois então você vai."

|-|-|


Kiyoka inspira e expira profundamente, esquece por um momento as coisas ao seu redor e se concentra na sola dos seus pés, visualiza o fluxo de chakra fluindo em seu corpo como sangue e visualiza a quantidade que pensa ser o necessário, tenta lembrar o quanto precisava usar quando fez o mesmo exercício só que a superfície era diferente, mais frágil e consequentemente se precisava de muito menos chakra do que quando falamos em uma árvore e é por isso que Kiyoka mal dá um passo para a árvore e ela cai vergonhosamente no chão com um ah de surpresa talvez um pouco mais alto do que pretendia.

Sentiu suas bochechas arderem novamente e não teve nem coragem de olhar ao seu redor para verificar se as outras meninas viram o seu pequeno vexame — uma parte pequena da sua mente a lembraria de que todas estavam aprendendo ali e até mesmo Midori-sensei provavelmente não esperava que acertassem de primeira. Encolheu-se mais uma vez quando a lembrança de seu pai a reprimindo mais uma vez lhe veio a cabeça. Ela não deveria se distrair, não deveria perder tempo ficando sentada ali e chorando sobre os seus ferimentos. Bufou determinada e se levantou. Tentou levar em consideração que aquilo era uma árvore e não o lago que costumava treinar. Ela sorriu para Rin, as suas palavras de motivação eram bem melhor do que a voz do seu pai e por isso repetiu essas palavras para ela, torcendo que elas tinham o mesmo efeito positivo que tinham para si.

Tentou mais uma vez, e então mais duas, e então mais três e assim foi. Era difícil tentar descobrir o quanto era suficiente mais do que manter aquele fluxo de chakra constante —
possivelmente porque Kiyoka tinha já uma certa experiência com essa parte. Há alguns buracos em sua árvore do tamanho dos seus pés e com certeza alguns hematomas que ainda estavam para surgir em sua pele das suas quedas, evidências das suas tentativas falhas. Entretanto, Kiyoka estava acostumada com a dor que vinha com treinos e por isso a ignorava completamente.

Mais uma vez, mais uma vez; repetia em sua cabeça enquanto se levantava cada vez que caía até que conseguiu finalmente achar a quantidade perfeita. Sorriu com o seu sucesso, dando mais alguns passos para cima da árvore, porém a sua distração com a sua tentativa bem sucedida fez Kiyoka cair mais uma vez.

--------------------
PM
^
malvadeza
 Posted: May 15 2018, 06:27 PM
Quote
Moderador

tall
eyes
30 years old
ANBU
670 posts Written By


- Eu sei o básico da culinária porque passo bastante tempo sozinha já que somos só eu e o meu pai em casa e ele costuma viajar bastante, mas particularmente não me considero muito boa para temperar coisas. Curry usa bastante tempo né? Você bem que podia me ensinar quando for fazer pra gente na volta! - Rin riu, entrando na brincadeira da Midori. - Midori-sensei também podia dar umas dicas, a sua comida está muito boa.

- Em casa tem meus pais, Akane-O-Ne-San, e meus 3 irmãozinhos, sem falar em toda família de malamutes, então quem faz comida fica o dia todo nisso, ainda bem que aprendi kagebushin.

*Midori diz isso fazendo uma expressão de cansada como só de lembrar já fosse suficiente pra ficar exausta*

- Eu não sabia se iam gostar, porque quando se treina cães ninjas você só pode ter em casa coisas que eles podem comer, pascoa é um feriado bem complicado porque eu e a Onesan recebemos muitas coisas, e no dia dos namorados não podemos nem preparar nada em casa.

*Shinoa não esperava nem um preparar apontar já, já ia executando uma 'sexta de 3 pontos' com sua foiçe e correndo pra ir buscar, mas logo encontra a primeira dificuldade, ao retirar o pé da árvore, a casca fica toda em seu pé, fazendo uma nova sola, depois de pegar duas ou 3 camadas, ela cai por não conseguir continuar*

*Rin e Kiyoka tentam logo em seguida, contemplam a técnica na teoria e tentam acompanhar, mas a naturaza gentil, timida ou pra dentro das atitudes das duas as fazem apenas arranhar a árvore um pouco*

*Não dando muito tempo para todos tentarem múltiplas vezes, Momoiro se joga e amortece Shinoa ao chegar no solo, depois da uma grande lambina na genin, Midori vai para traz das últimas duas e posiciona sua mão para dar suporte nas costas delas*

- Eu quero como a amiga de vocês, mais coragem, mais força, eu vou ajudar vocês com o equilíbrio inicial, mas não vou sair do chão, podem ir com vontade, aqui é pra errar, melhor errar aqui que em combate, imagina que vergonha cair com um oponente perto.

*Midori olha pra Shinoa, que não dava pra saber se Momoiro fez aquilo pra demonstrar que está tudo bem ou pra se vingar pelo comentário maldoso*

- Eu acho que você só praticou em uma boa e velha parede de Konoha, feita pra isso e tudo, aqui, a árvore não é feita pra isso, e a casca é mais frágil, joga seu chakra mais fundo, o meio aguenta mais, e lembra de soltar direito, ou vai carregar toda a casca até lá em cima.

*Midori da um belo sorriso depois disso, não estava triste, ou com raiva, demonstrava na verdade muita felicidade em observar as alunas seguirem suas ordens, como se fosse sua diversão ensinar a elas*

//////////////////////////////////////////////////

Enquanto isso, no lustre do castelo...

*Uma jovem de cabelo curto e liso de um tom de rosa bem claro, vestindo uma yukata no mesmo tom com desenhos de ramos de cereja, em seu rosto duas marcas triangulares vermelhas descendo dos olhos até a base do rosto. Ela procura uma residência em específico, carregava consigo um pergaminho com um selo, uma marca que dizia que era uma ordem direta da hokare.

Ela conversa com o morador que diz onde encontrar seu algo, ela se dirige até onde ele estaria*

-Mazaruk kun? Eu sou Inuzuka Midori, eu sou professora do time 11 de Konoha, você já está vivendo na cidade um bom tempo, então eu tenho a permição de chamar você para um time. Gostaria de se juntar a nós?

*Midori olha serenamente para o rapaz e pucha o ar como se fosse rir mas se interrompe*

-Quantos anos você tem? Para a idade iniciante de Konoha acho que estou um pouco atrazada para te chamar não? Mas isso não importa, o time já foi na frente, se importa de segurar minha mão para podermos ir? Elas provavelmente já devem estar tentando escalar árvore com chakra, você tem experiência com isso?

*Essa parte do time chega bem a tempo de ouvir a última dica de Midori*

QUOTE
- Eu quero como a amiga de vocês, mais coragem, mais força, eu vou ajudar vocês com o equilíbrio inicial, mas não vou sair do chão, podem ir com vontade, aqui é pra errar, melhor errar aqui que em combate, imagina que vergonha cair com um oponente perto.

- Eu acho que você só praticou em uma boa e velha parede de Konoha, feita pra isso e tudo, aqui, a árvore não é feita pra isso, e a casca é mais frágil, joga seu chakra mais fundo, o meio aguenta mais, e lembra de soltar direito, ou vai carregar toda a casca até lá em cima.


*Depois, as Midoris se entreolham e a que estava com Riu se desfaz em pétalas de pessegueiro*

--------------------
[align=center]Nos menores postes tem os piores venenos
coisas uteis


Iwa - - - - - - - - - - - - - - - Ichiro
(color=cyan)"Pensar"(/color) | (color=lightblue)"Pensar"(/color)
(color=red)-Falar(/color) | (color=orange)-Falar(/color)

Satoshi
(color=Goldenrod)"Pensar"(/color)
(color=SeaGreen)-Falar(/color)

Midori
(color=Chocolate)"Pensar"(/color)
(color=HotPink)-Falar(/color)

*Agir*

Ficha
user posted image-Iwa
user posted image-Satoshi
user posted image-Midori
PM
^
Mazaruk
 Posted: May 15 2018, 10:32 PM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
6 posts Written By


*Nessa hora então, com um meio sorriso no rosto, Riu fala a todos ali*

-Na verdade, quando você concentra o chakra na ponta de seus pés para subir em uma árvore, a subida se torna mais facil,
pois a árvore adere melhor o chakra do que superficies sem uma vida! Ola, eu me chamo Mazaruk Riu, é um prazer conhecer
meus novos membros de equipe. Peço perdão desde já por qualquer inconveniente.

*Riu olha para todos ali com uma expressão séria no rosto, mas logo da um pequeno sorriso*
PM
^
notfound
 Posted: May 16 2018, 12:06 PM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


Sorrindo, a garota bateu palmas e concordou com a cabeça aparentemente feliz por Kiyoka ter dito que iria cozinhar, e ainda iria ensiná-la! Visivelmente empolgada, Rin parecia animada pra provar a comida preparada pela sua companheira, seria uma experiência nova pra ela cozinhar com alguém que não fosse o seu pai, sem falar que os integrantes do clã Akimichi comem muito pra manter toda aquela massa corporal, então seu pai não costuma ser muito rigoroso com o preparo da comida, na verdade se perguntassem, a garota provavelmente diria que se deixar eles comem até pedra.

Rin ficou surpresa com a história da Midori-sensei, não sabia se sentia dó por todo esse trabalho, ou inveja por ter uma família tão grande e provavelmente muito calorosa. Rin gosta muito da sua família, é muito agradecida ao seu pai por tudo, mas não pode deixar de se perguntar como é ter irmãos ou outros parentes todos juntos numa casa dinâmica e cheia de vida, ainda mais quando todos tem bichinhos de estimação, se é que os cachorros podem ser chamados assim.


- Parece ser uma família divertida. - Disse, rindo.
- Tem certeza que eles não vão morrer de fome enquanto você está fora Midori-sensei?

Apesar de ter ficado deveras curiosa quando a sensei mencionou o dia dos namorados, Rin decidiu não perguntar nem comentar nada em um sinal de respeito. Midori já é uma adulta e é muito divertida e bonita, não seria uma surpresa se ela tivesse um namorado, a garota só estava curiosa pra saber que tipo de pessoa teria conquistado o coração da sensei.
_______________

Rin ficou muito feliz quando percebeu que Kyoka se animou um pouco depois de tê-la incentivado, corando um pouco ao receber as palavras de motivação da companheira também. Rin não esperava pela reciprocidade, e foi pega de surpresa, desviando o olhar enquanto agradecia. Na verdade era um alívio ter Kyoka no time, afinal ela fazia a Rin lembrar um pouco de si mesma, se identificando com a parceira e a deixando mais confortável.

Não demorou muito até Midori sensei vir interromper o treino pra dar dicas, Rin olhou pra Momoiro com uma expressão tristonha, se perguntando porque a cadela socorreu a Shinoa e não a ela, percebendo que perdeu uma oportunidade de ouro de abraçar aquele monte de pelos que parecia ser muito gostosinho. Será que se ela tivesse dado um pouco do seu jantar Momoiro teria vindo pegá-la agora? Não pode deixar de se sentir um pouco arrependida e depois rir de si mesma por estar pensando essas coisas.

Ouvindo as dicas da sensei com atenção, Rin acenou positivamente com a cabeça, mais pra si mesma do que pra qualquer outra coisa. Ir mais fundo, até o meio… Ela tentava mentalizar a composição da árvore em sua cabeça, tinha que projetar seu chakra e não simplesmente colocá-lo nos pés, mas precisa soltá-lo quando for levantar o pé ou vai levar a casca junto, o engraçado é que a dica da sensei parecia ter deixado ainda mais difícil, mas pelo menos agora sabia qual caminho tomar.

Estava prestes a tentar subir de novo quando uma nova voz ecoou, fazendo a garota se voltar em direção ao rapaz que falava, quando ele tinha chegado ali ela não sabia, não o viu chegar. Riu parecia ser muito mais velho, o que deixou Rin um pouco sem jeito, ela começou a rapidamente limpar a terra de sua roupa e de seu rosto, tentando parecer mais apresentável e tentando esconder a vergonha de suas falhas.

- Muito prazer, eu me chamo Rin Anzu. - A garota sorriu. - Que bom que temos uma pessoa mais experiente no time também. Espero que possamos dar bem e bem-vindo.

Sem saber direito se era pelo rapaz ser mais velho, ou se era por agora ter um homem no time, mas a presença do novo integrante tinha deixado a garota um tanto nervosa. Rin olhou pra sensei sem saber ao certo se era pra continuar o exercício ou não já que havia mais uma pessoa, mas logo voltaram ao treino, agora com Midori sensei ajudando nos passos iniciais.

Apesar do aparecimento repentino e do pequeno nervosismo que este trouxe, Rin tinha que continuar focando e se esforçando pra tentar subir, ela tentava sentir o interior da árvore e projetar o chakra lá dentro, tomando passos lentos, mas contínuos enquanto continuava a tentar manter o equilíbrio sem puxar a casca da árvore. Empurrar e puxar, empurrar e puxar, tentava ver isso como se fosse parte de sua expiração e inspiração, respirando mais ou menos profundamente dependendo da quantidade de chakra que usava e aumentando ou diminuindo a velocidade dependendo da frequência de seus passos.

Quando caia fazia o seu melhor para não desmotivar, assim como estava torcendo mentalmente por suas amigas e agradecendo a presença da Midori ali pra ajudar. Sabia que com a prática conseguiria e como a própria sensei havia dito, agora era a hora pra errar.

--------------------
user posted image

ficha

PM
^
Gatorro
 Posted: May 21 2018, 12:39 AM
Quote
Gennin

tall
eyes
28 years old
Estudante
22 posts Written By


Shinoa fora salva de uma queda ruim por Momoiro enquanto sua foice estava pregada na arvore

-Boa menina dogginha, você é mais fofinha do que eu esperava

*Shinoa parecia uma pessoa completamente diferente longe da sua foice, estava até um tanto mais "humana" naquele momento*

-Au au-sensei, o fluxo de chakra pra esse tipo de escalada é bem mais complexo do que a do concreto correto? Já tenho mais ideias, Hazama já deve estar se sentindo solitario ali sozinho. Até queria deixar ele ali de castigo por ficar pertubando minha cabeça, mas foi presente do meu pai

*Shinoa voltava a concentrar o chakra de forma que ele ficasse mais e mais denso quando sentiu que estava completamente grudada no chao, liberava a de um pé e caminhava voltando o chakra pra aquele pé e liberando o do outro para caminhar*

-Isso é um tanto mais complicado do que eu imaginei, mas acho que vai bastar. A casca da arvore é menos resistente então devo colocar mais chakra para fixar a casca e o tronco assim dito, certo au au-sensei?

*Shinoa começava a subir um passo de cada vez bem devagar fazendo com o maximo de precisão o controle de chakra exigido*

"Devagar, sem perder o controle. Tenho de chegar ao Hazama, não posso deixar ele lá sozinho"

-Au au-sensei, em arvores é bem mais dificil e o controle é incrivelmente complicado, obrigada pela oportunidade de aprender a melhorar ainda mais esse treinamento que o Fungo-sensei começou

*Shinoa subia com a mão estendida na direção de Hazama*

user posted image

--------------------
Shinoa ♥ Foice
Foice ♥ Ceifar
Shinoa ♥ Criar cadaveres


Link da Ficha ♥

user posted image
PMEmail
^
sekki
 Posted: May 22 2018, 11:31 AM
Quote
Gennin

tall
eyes
N/A years old
Estudante
7 posts Written By


Kiyoka ouve a professora com atenção e assentiu quietamente com a cabeça. Levantou-se mais uma vez e bateu na própria roupa para que pudesse tirar o excesso de poeira, porém antes que pudesse voltar ao seu exercício, um novo indivíduo aparece e a primeira reação dela é ficar em estado de alerta, tomando uma posição defensiva até que Midori parecia não se importar com o dito novo membro da equipe. Uma pequena parte de si queria dizer que não precisava das dicas vindas do outro, que ela estava mais do que bem sozinha, porém a maior parte de si sabia que precisava de toda a ajuda que pudesse conseguir. Isso aqui não era o treinamento do seu pai, tudo bem aceitar ajuda, ela não precisa fazer tudo sozinha. Outro fator que ajuda Kiyoka a se sentir mais a vontade é que Rin parece animada e receptiva com o novo membro.

Ainda sim, ela não pode evitar de sentir um tanto de suspeita por um membro novo quando estão no meio de uma missão — uma ação completamente hipócrita considerando que ela também entrou na equipe depois.

"É um prazer conhecê-lo, Mazaruk-san. Sou Kiyoka Kobayashi." Fez uma reverência educada tanto em saudação quanto em agradecimento pela ajuda. "E obrigada pela dica."

Com isso, voltou a sua atenção para a árvore com um suspiro profundo. Encarou a planta por um tempo, o cenho franzido em concentração como se isso pudesse ajudá-la a entender melhor a composição da árvore para que assim pudesse entender melhor a quantidade de chakra necessário para conseguir subi-la, além de ter a dica dada pelo seu novo companheiro de equipe. Respirou fundo uma última vez antes de tentar novamente, concentrando o seu chakra nas pontas dos pés antes de começar a subir na árvore, torcendo para que dessa vez faça de maneira correta.

--------------------
PM
^
malvadeza
 Posted: May 24 2018, 06:24 PM
Quote
Moderador

tall
eyes
30 years old
ANBU
670 posts Written By


Bem quando eu ia dar uma bronquinha sobre o tempo que o time demora deu problema pra mim postar tambem, mas bora lá

gente: não precisa postar primeiro/por ultimo
não tem ordem, por favor se possível, poste

a única regra é sobre 1 post a cada post do narrador

ta sem o que postar, pode entrar em monologo interno
pode postar sobre a duvida do personagem
pode postar sobre a borboleta que ta passando na janela que é mais interessante

mais importante: ta insatisfeito, posta isso antes como eu to fazendo agora, eu explico porque eu fiz tal coisa e evito mais tarde

mas não fica sem postar, ou vai acontecer que nem eu, quando ia postar da problema XD

não vou morder ninguem

PS: só não esqueça de escrever *Fiz isso* ou *não fiz isso* porque não sou telepata, não sei se seu personagem faz tal coisa, ou como, a não ser que você escreva

PS2: tem duas pessoas que estão postando voz sem cor (cor básica do forum) isso pode causar confusão XD, mas não é criticamente um problema, só um comentário
//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

QUOTE
-Na verdade, quando você concentra o chakra na ponta de seus pés para subir em uma árvore, a subida se torna mais facil,
pois a árvore adere melhor o chakra do que superficies sem uma vida!


-Mais fácil, sim, vocês podem usar para pegar o jeito, mas se um dia um de vocês tentar virar ninja médico vai reclamar de como isso danifica a coluna e postura a longo prazo, a propósito, meu irmãozinho Kouga é um, assim que ele voltar de missão posso indicar candidatos se quiserem.

*Midori fala séria e didática sobre como subir, mas sua voz fica muito fofa e cheia de orgulho ao falar do irmão*

- Parece ser uma família divertida. - Disse, rindo.
- Tem certeza que eles não vão morrer de fome enquanto você está fora Midori-sensei?

-Eu pensei nisso, Papai sempre está com o time, ou com a mamãe, então ele se vira, eu falei com a família de um colega do Ichigo pra se todo mundo sair em missão ele comer lá, e os gêmeos Iwa e Kouga agora se viram, eu ensinei o Iwa a cozinhar.

-Quando todos estão em missão como agora é bem chato ficar em casa, mas quando todos estão lá é muito bom.


*Novamente ao falar da família o orgulho aparece na cara da Sensei, por outro lado ao falar no momento em que todos estão em casa Momoiro vira os olhos como se não gostasse de pensar no assunto*

-Pra cima todo mundo

user posted image

*As garotas, quem descreveram como fariam para subir continuam o processo, chegam mais ou menos na metade da árvore e começam a sentir instabilidade, caminham mais um pouco e sentem a hora de descer e tentar novamente*

*Midori olha atentamente o resultado dos alunos e começa a contar quantos subiram, depois olha para seu lado, Riu ainda estava lá. A Inuzuka da um olhar de 'porque você não está la em cima' e tenta manter a compostura*

user posted image

-Se você não seguir o grupo, fica difícil de aprender, mesmo que você seja do gênero de aprender só olhando, eu não posso deixar você ir pra missão se você não mostra que pode fazer.

*Com as garotas descendo, (descrevam isso plz) Midori e Momoiro recebem cada uma no solo*

-Muito bem, o método está melhorando, é só prestar atenção e manter o ritmo, não adianta ter um estouro no início se não vai chegar no topo, a não ser que consiga mandar chakra pras pernas e manter isso até o topo claro.

*Midori vai pra traz do grupo e tenta incentivar todos mais uma vez*

-Sei que deve estar sendo desgastante até agora, mas vamos mais uma vez tudo bem?

--------------------
[align=center]Nos menores postes tem os piores venenos
coisas uteis


Iwa - - - - - - - - - - - - - - - Ichiro
(color=cyan)"Pensar"(/color) | (color=lightblue)"Pensar"(/color)
(color=red)-Falar(/color) | (color=orange)-Falar(/color)

Satoshi
(color=Goldenrod)"Pensar"(/color)
(color=SeaGreen)-Falar(/color)

Midori
(color=Chocolate)"Pensar"(/color)
(color=HotPink)-Falar(/color)

*Agir*

Ficha
user posted image-Iwa
user posted image-Satoshi
user posted image-Midori
PM
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Topic Options
Pages: (2) 1 2 


 


 

 
Apoio
 photo 01.png




EVENTOS


PROCURADOS


PARCEIROS
 photo 01.png





















Kuroko no Basket rpg




AGRADECIMENTOS

Primeiramente ao Kishimoto, criador da sÉrie. Sem ele o f órum nao teria por que existir.

Queria agradecer a toda Staff das outras boards dessa famália. Aos que me ensinaram a jogar, a administrar.

E queria agradecer por fim a você, sim, você. Aos jogadores, aos players, por terem escolhido a Next entre tantos. Não existe fórum sem vocês.

Obrigado.



Melhor visualizado em Firefox

1152 x 864 ou maior.